O domingo passado foi chuvoso e nublado. A tarde estava entediante e monótona. Depois de tirar os fones dos ouvidos sem ao menos escutar o primeiro minuto da música e de desviar os olhos do programa enfadonho que passava na televisão, decidi pegar meu caderno e minha caneta.

Mas, se Djavan encontra um bom lugar para ler um livro em um dia frio, eu não conseguia encontrar sequer inspiração para uma boa crônica. Ou para um bom conto. Ou para uma boa poesia. Para falar a verdade, inspiração eu tinha e muita, diga-se de passagem. É que tem dias que, por mais que eu esteja habituada, por mais que eu goste e por mais que eu saiba o que escrever, simplesmente não consigo colocar as ideias no papel. O amigo leitor-escritor já passou por uma situação dessas?

Dessa crise, nasceu uma crônica um tanto, digamos, forçada, e que talvez eu poste aqui até o fim da semana, do mês, do ano, ou quem sabe, da década. Tentei escrever um poema também, mas não deu certo e eu arranquei a folha (as árvores não estão nada felizes comigo, eu sei). E, foi justamente entre a escrita da crônica e a tentativa frustrada do poema que eu percebi uma coisa: parece que eu estou ficando viciada em “poetizar”. Para falar a verdade, tenho notado isso há certo tempo. Das últimas vezes que tentei escrever outro tipo de texto, não fui bem sucedida. Tudo o que imagino, porém, tenho transformado em versos. Tudo mesmo. Desde um desabafo a uma boa lembrança. Inclusive, já me peguei resmungando mentalmente por isso. “Você só escreve poemas agora!”. É, o negócio está sério…

O mais incrível é que eu já terminei uma história de uns dez capítulos e que pretendo reescrever. Também tem duas em andamento e que nunca termino e outra que desisti, mas estou pensando em retomar. Todas ótimas para o público juvenil. Sou super modesta, não? Brincadeiras à parte, acho que estou precisando de novas inspirações para minhas crônicas, contos, ou qualquer outra coisa que não seja poesia. Se alguém tem uma boa história e quer vê-la aqui no blog, sendo contada com o toque da blogueira aqui, é só deixar nos comentários!

Uma excelente semana para todos!

Anúncios

Um comentário sobre “E essa mania de poetizar tudo, hen?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s